O Capa…ou, boas séries para 2011!

Ao som de: Long Time_Cake_Showroom of Compassion (2011)

 

Direto e reto: The Cape e Todd and the book of pure evil(sobre essa, falo daqui a pouco) já são duas séries bem interessantes nesse início de ano.

E olha que eu não acreditava que uma série sobre héroi coxinha de capa e tudo o mais e outra sobre satanismo e adolescentes pudesse fazer tanto sucesso.

Depois de Heroes, tudo que abordasse o tema “super héroi com poderes” na tv me causava ânsia de vômito. Estava traumatizado mesmo.

Eis que em minhas andanças pela net, vejo essa tal de “The Cape”… senti o frio na espinha, mas resolvi seguir em frente e assistir. E não é que é bem legal.

Bom, tudo, eu digo TUDO sobre elementos super heroísticos está lá: o vilão megalomaníaco, o herói em busca de vingança, personagens bizarros de circo, a ajudante hacker gostosa clichê.

Mas é exatamente por ser mais do mesmo que The Cape acerta em cheio. Eu, particularmente (curto bastante mas…) estou um pouco cansado de tanto existencialismo e tensões políticas/sociais nas histórias de heróis. Sabe, tem horas que o bom e simples héroi enfrenta vilão, sem muito bla bla bla e firulas funciona perfeitamente.

Em The Cape, Vince Faraday é um policial coxinha padrão, defensor da lei a da ordem na cidade de Palm City. Mas sua vida muda por completo quando o vilão Xadrez (tá, Chess soa mais legal) assassina o chefe de polícia e coloca a culpa exatamente em quem? Claro que no pobre do Faraday.

 

Sim, ele é o herói principal...olha a cara de bonzinho, beirando o mané.

Por uma cagada do destino (e por que os roteiristas clichê assim quiseram) Faraday sobrevive e é salvo por Max Malini e sua trupe freak de circo. Compadecido com a história do pobre coxinha, Malini resolve ensinar Faraday a utilizar as técnicas circenses/porradeiras (é engraçado como o circo, com todas aquelas facas, piruetas e camas com pregos se torna facilmente um treino para super herói). E junto, no pacote, Faraday ganha a tão alardeada capa multi uso para então, assumir o personagem de quadrinhos “The Cape”, lutando por vingança e para limpar seu nome (não, nada a ver com SPC).

Ah, e o seriado ainda conta com a participação de Summer Glau (a “exterminadora gatinha fetiche nerd” de “Sarah Connors Chronicles) como “Orwell”, a hacker gostosinha citada anteriormente, que investiga secretamente as atividades vilanescas de Chess e que se une ao Capa (adoro chamar esse cara de Capa, é engraçado) em sua jornada contra o mal.

 

Não, ela não usará essa roupa provocante durante o seriado...droga...

Ah, e ainda tem Vinnie Jones como um vilão escroto com pele deformada (sempre papeis escrotos, esse maluco inglês).

Enfim, me empolguei com os dois primeiros episódios…veremos se os roteiristas vão conseguir manter a qualidade da série nos próximos episódios.

 

Lucas Bonacho e sua empolgação diminuindo a medida que o trabalho se aproxima…adeus, boas férias.

Anúncios

One response to this post.

  1. Posted by Elisa on 12 de julho de 2011 at 11:13 AM

    http://www.mundocinetv.com/the-cape-serie-de-heroi-e-cancelada-pela-nbc/

    Durou pouco…
    O negócio do ano parece mesmo ser Game of Thrones

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: